Notícia

Maio Amarelo: Transalvador promove ações para motociclistas nesta quinta (16)

Maio Amarelo: Transalvador promove ações para motociclistas nesta quinta (16)

A campanha Maio Amarelo na capital baiana terá duas ações a serem realizadas pela Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) nesta quinta-feira (16), com foco nos motociclistas. Uma delas acontece no Salvador Shopping e a outra vai ocorrer no Largo da Mariquita, no Rio Vermelho, com foco na redução de acidentes para este segmento. A ação no Salvador Shopping começa às 15h, na Doca 2, e tem o objetivo de sensibilizar os condutores de motocicletas que atendem por aplicativos e que fazem o pit stop nos centros de compras da capital baiana, com idades entre 18 e 45 anos, sujeitos a acidentes de pequena e grande proporção. A atividade já ocorreu anteriormente com profissionais no Shopping Barra, atingindo uma média de 50 motociclistas de app. Já no Rio Vermelho, às 19h, uma palestra será realizada no ponto de encontro de motociclistas, dentro do programa Vivo na Moto.

“Além do sorteio, é distribuído ainda material informativo, mostrando os dados de ocorrência com motocicletas na capital baiana, para que eles se sintam parte deste cenário, que é o território de fala deles, e que todos estamos envolvidos nessa situação de prevenção, e que todos podemos contribuir com a redução da negligência e imprudência no trânsito, promovendo uma mudança de comportamento”, declara a gerente de Educação para o Trânsito da Transalvador, Mirian Bastos.

A iniciativa de abordagem aos motociclistas conta com parceria da montadora Honda, que cedeu à campanha alguns brindes para serem sorteados no final de cada palestra, além de um capacete. “Essa é uma forma de apontarmos de forma ainda mais incisiva a necessidade da utilização do capacete, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que preconiza o uso do equipamento de acordo com a legislação, o que garante a redução de até 70% o risco de lesões graves em acidentes motociclísticos”, lembra Mirian.

Preservar vidas – A campanha Maio Amarelo, voltada para a conscientização sobre segurança viária e diminuição do número de acidentes e óbitos nas estradas soteropolitanas, acontece durante todo o mês em pontos estratégicos da cidade, em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária. O mote escolhido para 2024 é “Quanto mais velocidade, mais risco de consequências graves”, e busca sensibilizar os motociclistas para a necessidade de reduzir a velocidade, que é hoje o principal fator de risco no trânsito.

A iniciativa segue orientação da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran), com o tema “A paz começa com você”, focando na observação atenciosa em relação à velocidade nas estradas, de modo a evitar a ocorrência de incidentes mais graves. As ações voltadas para os motociclistas ocorrem a partir do diálogo direto, sempre voltado para a segurança.

Nos encontros, são abordados os riscos e o perigo da alta velocidade, uso dos equipamentos de segurança, como é o caso do capacete, do afivelamento deste acessório e dos demais utensílios que possam garantir segurança e a saúde psicológica desses profissionais, especialmente os motociclistas que trabalham por aplicativo.

Outras ações também estão sendo realizadas durante o Maio Amarelo. Uma campanha publicitária é veiculada em meios de comunicação e redes sociais. Focada no excesso de velocidade, a iniciativa visa alertar sobre os riscos dessa infração, que costuma ser a mais registrada na capital baiana. Aliado a isso, palestras e encontros são realizados por equipes da Gerência da Educação para o Trânsito (Gedut).

Números – A Transalvador, conforme determinação da Organização das Nações Unidas (ONU) referente à Segunda Década Viária, que foca na redução de até 50% nos índices de acidentes. A atenção tem sido direcionada para casos que envolvem os motociclistas, cujo número tem crescido significativamente na capital baiana.

Na primeira década de atuação do Maio Amarelo, o órgão registrou grande redução no número de acidentes em mais de 50%, o que vem sendo mantido ao longo desta segunda década de ações coordenadas. No entanto, órgão segue preocupado com o aumento do número de ocorrências envolvendo motociclistas e as sequelas oriundas destes acidentes. 

De janeiro a março de 2024, a Transalvador registrou 21 vítimas fatais em acidentes envolvendo motos na capital baiana. Desse total, 20 foram motociclistas e um passageiro. No ano de 2023, foram registradas 113 mortes no trânsito, sendo 56% de motociclistas.

Dica

Planos de saúde: uma preocupação para o futuro

Planos de saúde: uma preocupação para o futuro

Ter ou não ter plano de saúde? Esse é um questionamento que pode ser constante na vida dos brasileiros, já que nem sempre os benefícios oferecidos são efetivamente ofertados quando mais se precisa desse tipo de assistência. Para não cair em armadilha e saber diferenciar os tipos de planos, consultamos o advogado especialista em Defesa do Consumidor, Taciano Mattos (@tacianomattos), para dar algumas dicas sobre o serviço. Confira abaixo:

Artigo

Taxas bancárias e o Direito do Consumidor

Taxas bancárias e o Direito do Consumidor

Você certamente possui conta em alguma agência bancária. Certamente, também, já deve ter sido tarifado indevidamente, mesmo pensando que o serviço oferecido era gratuito, a exemplo das taxas cobradas pela poupança. Mas, não era para poupar? Pois bem, nem sempre o que está previsto nos contratos atendem às regras previstas pelo Código de Defesa do Consumidor. O advogado, especialista na área, Cândido Sá, dá suas recomendações sobre o que a lei salvaguarda ou não, quando o assunto é serviço bancário. Confira artigo sobre o assunto, logo abaixo:

Enquete

Você pretende tomar a vacina contra a covid-19?


Ver resultado

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.