Notícia

Estado credita nova parcela do Mais Futuro aos estudantes beneficiados pelo programa

Estado credita nova parcela do Mais Futuro aos estudantes beneficiados pelo programa

 

O Governo do Estado creditou, neste sábado (03), uma nova parcela do Programa Mais Futuro aos estudantes universitários das quatro universidades estaduais (Uneb, Uesc, Uefs e Uesb). O crédito já está disponível para saque, nos valores de R$ 600 para os alunos do Perfil Moradia (os que estudam a mais de 100 quiômetros dos locais onde moram) e R$ 300 para os do Perfil Básico (os que estudam no mesmo lugar onde moram). Ao todo, foram beneficiados com o pagamento desta parcela 9.393 estudantes das universidades estaduais. Com esta nova parcela do programa, já foram investidos R$ 7.369.500 milhões nos três primeiros meses deste ano, com recursos próprios do Governo da Bahia.

“Mesmo diante do cenário de pandemia e de aulas presenciais suspensas, o Governo da Bahia mantém o pagamento do Mais Futuro, pois compreende a necessidade deste auxílio para os universitários e até mesmo para as suas famílias. O Mais Futuro é uma das políticas públicas de assistência estudantil do Estado que vem se somar a todas as outras iniciativas adotadas pelo governador Rui Costa para estudantes da Educação Básica, a exemplo do vale-alimentação; das bolsas de monitoria do Mais Estudo; e da Bolsa Presença, destacando o compromisso do Estado com a Educação e com os estudantes”, afirmou o coordenador executivo de Programas e Projetos Estratégicos da SEC, Marcius Gomes.

Sobre o Mais Futuro – O Mais Futuro é um programa de assistência estudantil, criado pelo Governo do Estado, para garantir a inclusão social e a permanência dos estudantes que se encontram em condições de vulnerabilidade socioeconômica nas universidades públicas estaduais. São ofertados estágios e auxílio financeiro para universitários que estudam a até 100 quilômetros da sua cidade de origem e para aqueles que moram em cidades a mais de 100 quilômetros de distância do campus onde estão matriculados

Dica

ATENÇÃO - Golpe do WhatsApp: o que fazer?

ATENÇÃO - Golpe do WhatsApp: o que fazer?

Entenda como essa armadilha funciona e saiba também como se prevenir.

Artigo

A volta às aulas pós-pandemia

A volta às aulas pós-pandemia

Especialista alerta para os cuidados dos pais no retorno das crianças ao ambiente escolar

Enquete

Você pretende tomar a vacina contra a covid-19?


Ver resultado

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.