Notícia

Planserv orienta gestantes em visitas domiciliares

Planserv orienta gestantes em visitas domiciliares

O período da gestação envolve uma série de mudanças no organismo feminino, que demanda cuidado e atenção especiais. Baseando-se nessa premissa, o Planserv instituiu a visita de puerpério no Grupo de Gestante atendido com as ações do Programa Sou + Saúde. A visita é realizada por um profissional de enfermagem, que fornece orientações importantes e pertinentes a esse período.

 

O puerpério é o período que abrange desde o nascimento do bebê até 42 dias pós-parto. Durante esta fase, a mulher passa por muitas alterações hormonais, físicas e emocionais. Por isso, a atenção à mulher e ao recém-nascido no pós-parto imediato e nas primeiras semanas após o parto é fundamental para a saúde materna e neonatal.

 

Além das modificações próprias do ciclo gravídico-puerperal, ainda ocorrem modificações nos aspectos biológico, psicossocial, espiritual e cultural. Todos esses fatores geram na mulher grávida amplos sentimentos e sensações muitas vezes nunca sentidas ou vivenciados. “Excelente iniciativa do Planserv. Nessa fase, recebemos muita informação de parentes, amigos, mas é sempre bom ouvir uma opinião profissional, porque são muitos os cuidados a ter com nosso bebê”, disse a beneficiária Luzinete Santos Evangelista. 

 

Benefícios do aleitamento materno para mãe e bebê, cuidados com o bebê, posição adequada para o bebe dormir para evitar morte súbita e importância da consulta obstétrica no pós-parto são alguns dos temas abordados pelos profissionais durante as visitas.

 

“Ao adotarmos esses cuidados com nossos beneficiários, incentivamos a medicina preventiva, uma área da saúde que é o foco atual de toda operadora da saúde suplementar”, declarou a coordenadora geral do Planserv, Socorro Brito, enfatizando a importância dessa iniciativa junto às gestantes beneficiárias do plano. “É um momento muito especial e precisa ser tratado também de forma especial por todos nós”. 

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.