Notícia

Ibametro intensifica fiscalização de brinquedos para o Dia das Crianças

Ibametro intensifica fiscalização de brinquedos para o Dia das Crianças

Desde o fim de setembro, o Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro) realiza a Operação Dia das Crianças, que intensifica a fiscalização de brinquedos e produtos infantis em todo o estado. Uma equipe do órgão já prom0oveu uma blitz em estabelecimentos do Centro de Salvador. As abordagens seguem até o próximo dia 10. “A expectativa é de que a gente possa tirar do mercado qualquer brinquedo irregular. Estamos focando em carrinhos, bonecas e bicicletas, mas claro que vamos analisar qualquer tipo de brinquedo e recolher aqueles que tiverem irregulares, para não ocasionar nenhum tipo de acidente de consumo”, explica o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal.

 

O consumidor também deve ficar atento a três aspectos importantes na hora da compra. “Ao chegar ao estabelecimento, ele deve comprar produtos que tenham o selo do Inmetro [Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia], que é a garantia de que aquele brinquedo passou por testes que dão uma segurança maior para quem comprar e for usar. Além disso, o produto deve ter a indicação da faixa etária e o manual de instrução em língua portuguesa, mesmo que seja um produto importado”, acrescenta Leal. 

 

A aposentada Ieda Araújo já começou a procurar os presentes para o Dia das Crianças. Além de agradar aos netos, ela também se preocupa com a segurança dos produtos. “Tem coisa miúda que eles podem engolir e se engasgar”, diz Ieda, que fica atenta ainda à recomendação de idade na embalagem do produto.

 

Um dos estabelecimentos visitados foi o do comerciante Francisco Agostinho, onde os fiscais do Ibametro não encontraram nenhuma irregularidade. “Eu sou pai, também tenho criança pequena e a gente sabe do dever que tem que cumprir”, garante.

 

O consumidor que encontrar irregularidades e quiser realizar denúncias pode entrar em contato com a Ouvidoria do Ibametro pelo telefone 0800 071 1888 ou pelo aplicativo móvel do órgão.

 

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.