Notícia

Demanda por bens industriais varia 0,1% em maio, diz Ipea

Demanda por bens industriais varia 0,1% em maio, diz Ipea

O consumo de bens industriais no Brasil aumentou 0,1% em maio na comparação com abril, divulgou ontem (09) o Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea de Consumo Aparente de Bens Industriais mede essa demanda, levando em conta os bens industriais produzidos no Brasil e os importados de outros países. Segundo o instituto, a demanda pelos bens nacionais caiu 0,2%, enquanto o consumo aparente de importados aumentou 2,9%.

A comparação de maio deste ano com o ano passado mostra uma alta de 7,2% no indicador geral, aumento que se dá sobre um mês que teve influência da greve dos caminhoneiros, que ocorreu em maio do ano passado.

Queda em 13 de 22 setores

Dos 22 segmentos da indústria pesquisados, somente nove tiveram variações positivas de demanda na comparação entre maio e abril. O consumo aparente de aparelhos e materiais elétricos avançou 13,4%, e o de alimentos, 5,7%.

Os bens de capital foram os únicos que tiveram variação positiva na demanda entre abril e maio de 2019, com alta de 3,9%. Os bens intermediários permaneceram estáveis e a demanda por bens de consumo teve uma queda de 3,7% em maio.

O consumo de bens da indústria extrativa teve alta de 30,3% em maio, variação que representa uma recuperação após ter sido impactada pela tragédia na barragem de Brumadinho, em janeiro. A demanda pela indústria de transformação teve queda de 0,3%.

Informações da Agência Brasil

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.