Entrevistas

Codecon já notificou 38 bares e restaurantes do Pelourinho

Codecon já notificou 38 bares e restaurantes do Pelourinho

Agentes da Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon) já vistoriaram 38 bares e restaurantes do Pelourinho desde o dia 8 deste mês, quando iniciaram a fiscalização motivados por denúncias a respeito das normas consumeristas. Trinta e oito notificações e três autuações foram feitas por comercialização de alimentos e bebidas fora do prazo de validade.


No Portal do Pelô foram encontrados mais de 2kg de caldo de camarão, 200g de moela, 500g de caldo de polvo, 90g de casquinha de siri e 270g de caldo de sururu destruídos vencidos desde 21 de agosto. No Abará da Vovó e no Bar do Ulisses, garrafas e latas de cerveja Skol e Kaiser também foram destruídas, vencidas em 25 de outubro e 04 de julho, respectivamente. 

De acordo com a chefe de fiscalização da Codecon, Rose Estrela, durante as operações são observados os preços, data de vencimento, higienização do local, alvará em dia, aviso da proibição de cigarros dentro de locais fechados, tabela de preços e, também, se o estabelecimento possui o exemplar do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, que é obrigatório.

"É importante informá-los e orientá-los acerca das normas de defesa do consumidor. Por serem ambientes muito frequentados, principalmente à noite e em época de eventos, esses estabelecimentos devem estar adequados", observou. Caso o estabelecimento seja autuado devido à quantidade de produtos vencidos encontrados, os itens são destruídos pelos agentes da Codecon.

O turista recifense Carlos Rangel se disse surpreso com esse tipo de ação em Salvador. "Mesmo sendo de fora, é importante ver que aqui os direitos do consumidor são respeitados. Em alguns locais, os turistas costumam ser lesados, então esse tipo de serviço nos deixa até mais seguros em relação aos locais que devemos frequentar", afirmou o visitante. O consumidor interessado em fazer denúncias deve entrar em contato através do Fala Salvador 156 ou entrar no site www.falasalvador.ba.gov.br.

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.