Notícia

Trabalhadores de saúde recebem segunda dose da vacina contra Covid-19

Trabalhadores de saúde recebem segunda dose da vacina contra Covid-19

Quase um mês após receber a primeira aplicação da vacina CoronaVac, o médico Uenderson Araújo, 30 anos, que atua no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Salvador, compareceu à Arena Fonte Nova ontem (16) para ter a dose de reforço. O profissional integra o grupo de trabalhadores de saúde que atuam na linha de frente no combate à pandemia, que deverão completar o esquema vacinal para garantir a proteção contra a Covid-19.  

Coordenada pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a programação acontece em 14 postos fixos e dois drive-thrus, atendendo aos profissionais que foram imunizados a partir do dia 19 de janeiro, quando teve início a campanha. Na prática, a ação acontece em conformidade com especificações do laboratório responsável pela fabricação da vacina, que determina que a dose de reforço seja injetada 28 dias após a primeira aplicação. 

Uenderson foi o primeiro médico vacinado contra o coronavírus no município e disse estar mais aliviado pelo fato de se sentir protegido da contaminação da doença.  “A sensação de estar imunizado traz mais segurança para que eu ofereça assistência à população. Mesmo depois de vacinado irei manter todos os cuidados porque existem outras pessoas que ainda não foram imunizadas. Meu desejo era que minha dose fosse dividida para toda a população, mas infelizmente não tem como”, disse. 

Já o médico Guilherme Cabral, 26 anos, trabalha na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) dos Barris e também esteve na Arena Fonte Nova para o segundo ciclo da vacinação. “É um desejo que eu tinha desde março do ano passado. Poder concretizar a segunda dose é um momento engrandecedor. Fico bastante emocionado, pois muita gente perdeu ente querido ou ainda está lutando contra a Covid-19. O caminho ainda é longo, mas isso aqui é o começo. Com fé em Deus, toda a população será vacinada em breve”, relatou. 

Pontos – A aplicação da segunda dose da vacina para prevenção do novo coronavírus está disponível para os trabalhadores da saúde nos seguintes pontos fixos: USF Itapuã, Centro de Saúde Péricles Laranjeiras (Fazenda Grande do Retiro), USF Imbuí, CSU Castelo Branco, Centro de Saúde Nelson Piauhy Dourado (Águas Claras), Centro de Saúde Virgílio de Carvalho (Bonfim), USF Colina de Periperi, USF Vista Alegre, USF Tubarão, CSU Pernambués, USF San Martin III, USF Vale do Matatu, USF Resgate e Arena Fonte Nova (no acesso pela Ladeira Fonte das Pedras). Também há dois drive-thrus montados para a iniciativa, sendo um na Arena Fonte Nova (entrada defronte ao Dique do Tororó) e outro no Centro de Convenções, na Boca do Rio. 

Documentos - A campanha seguirá no decorrer desta semana nesses locais e as pessoas que receberão a segunda dose devem buscar os pontos de vacinação na data agendada no cartão de vacina. Junto com o cartão, inclusive, é necessária a apresentação de um documento oficial com foto para receber o imunizante.  

Além dos trabalhadores da saúde que atuam diretamente no combate à pandemia, as aplicações das doses de reforço alcançam idosos abrigados em instituições através de equipes volantes.

Dica

ATENÇÃO - Golpe do WhatsApp: o que fazer?

ATENÇÃO - Golpe do WhatsApp: o que fazer?

Entenda como essa armadilha funciona e saiba também como se prevenir.

Artigo

A volta às aulas pós-pandemia

A volta às aulas pós-pandemia

Especialista alerta para os cuidados dos pais no retorno das crianças ao ambiente escolar

Enquete

Você pretende tomar a vacina contra a covid-19?


Ver resultado

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.