Notícia

Prefeitura libera 84 bares e restaurantes a usarem espaço público

Prefeitura libera 84 bares e restaurantes a usarem espaço público

A Prefeitura já autorizou 84 bares e restaurantes a usarem espaço público para colocação de mesas e cadeiras, em pouco mais de dois meses desde que a medida foi lançada para estimular a retomada do setor. As solicitações continuam sendo feitas para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), através do link www.retomadabar-rest.salvador.ba.gov.br.

Com a iniciativa, bares e restaurantes passaram a ter possibilidade receber a clientela em áreas como calçadas e vagas de veículos públicas localizadas na frente dos estabelecimentos, de forma ordenada e obedecendo a uma série de diretrizes, como acontece em diversas cidades no Brasil e no mundo. Ou seja, as empresas do segmento puderam ampliar a capacidade de atendimento para além das próprias instalações internas. Isso sem falar que o ar fresco é uma das armas contra a Covid-19.  

Para dar entrada no pedido de uso do espaço público, proprietários de bares e restaurantes devem estar atentos a diversos critérios técnicos. Por exemplo, os passeios devem estar livres, com uma faixa de largura mínima de 1,5m para a passagem do pedestre e pessoas com deficiência. Caso a largura seja inferior a 1,5m, a Prefeitura fará análise. 

Outros requisitos é que a distância mínima entre mesas é de dois metros e o uso de ombrelones ou sombreiros, quando for o caso, deverá ser padronizado por bar ou restaurante à escolha do proprietário, garantindo, porém, a harmonia do ambiente.   

De acordo com a Sedur, para análise das solicitações é imprescindível apresentação do layout com a nova disposição das mesas e cadeiras, fotos da fachada do bar/restaurante, bem como imagens legíveis do alvará, inscrição municipal e estadual. Os arquivos podem ser anexados e enviados nos formatos pdf ou jpeg. 

Ampliação - A partir desta segunda-feira (05), haverá ampliação do horário de funcionamento de bares e restaurantes, conforme decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM) na última sexta-feira (02). Esses estabelecimentos poderão funcionar até meia-noite (antes o limite era 23h), sendo que os clientes só podem entrar no prazo máximo de uma hora antes do fechamento. O horário de abertura continua sendo 12h. 

Além disso, a quantidade de pessoas por mesa passará de seis para oito, mantendo todas as medidas de distanciamento social e higienização estabelecidas no protocolo setorial. 

“É mais um passo importante para o segmento de bares e restaurantes nessa longa jornada de restauração do setor, que ainda está distante em ser equacionada. O importante agora é celebrar mais essa etapa e seguir avançando na busca das condições ideais de recuperação das cerca de 22 mil empresas da capital”, comemora o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes na Bahia (Abrasel-BA), Luiz Henrique do Amaral. 

“Essas novas flexibilizações vêm em boa hora e vão possibilitar que a gente aumente um pouco mais a capacidade dos atendimentos”, destaca o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares (SHRBS), Sílvio Pessoa. 

Outra novidade é que todos os bares, lanchonete e restaurantes dos clubes sociais poderão reabrir a partir de segunda (5) - antes só poderia funcionar restaurantes com acesso independente ao clube. O funcionamento desses estabelecimentos, segundo o protocolo setorial para clubes sociais, é de segunda a sexta, das 6h às 22h, sábado, das 6h às 18h, e domingo, das 6h às 14h.

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue