Notícia

Defesa ativa centro de operações para ajuda logística contra a pandemia

Defesa ativa centro de operações para ajuda logística contra a pandemia

O  ministério da Defesa anunciou a inauguração do Centro de Operações Conjuntas, uma iniciativa que envolve os três comandos militares - Marinha, Exército e Força Aérea - para fornecer ajuda logística e operacional ao Governo Federal durante o período de combate à pandemia do novo coronavírus. Segundo nota publicada pelo ministério, o contingente militar poderá ser usado no apoio às ações federais, no controle de passageiros e tripulantes nos aeroportos, portos e terminais marítimos, e no controle de acesso das fronteiras. O documento lista ainda que 10 Comandos Conjuntos estão disponíveis para atuar especificamente nas cinco regiões brasileiras. O Comando de Operações Aeroespaciais - uma unidade permanente de defesa nacional - também participará da iniciativa.

Uma força com treinamento especial em defesa química, biológica, radiológica e nuclear poderá ser utilizada em áreas de risco, e também na descontaminação humana, de ambientes ou de materiais. Os militares também podem ser usados em postos de triagem para identificar possíveis focos de infecção do Covid-19 em pontos estratégicos, como fronteiras e aeroportos. 

O ministério comunicou ainda que hospitais de campanha - estruturas médicas temporárias criadas para atuar em áreas de conflito ou instabilidade - poderão ser usados em apoio à rede pública e privada de atendimento de saúde.

Informações da Agência Brasil

 

 

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue