Notícia

Número de mortes pelo novo coronavírus na China ultrapassa o de SARS

Número de mortes pelo novo coronavírus na China ultrapassa o de SARS

O número de mortes causadas pelo novo coronavírus na China continental chegou a 811, ultrapassando o total global de mortos da epidemia de SARS em 2003. A Comissão Nacional de Saúde da China anunciou 89 novas mortes no sábado (08). O surto de SARS, ou Síndrome Respiratória Aguda Grave, matou 774 pessoas até a declaração do fim da epidemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O número de novos casos confirmados chega agora a 2.656, elevando o total para 37.198, sendo que 6.188 pessoas estão em condições graves. Houve 3 mil novos casos de infecção diariamente por 5 dias consecutivos até sexta-feira (07). Contudo, o número foi menor no sábado.

A agência estatal de notícias chinesa, Xinhua, diz que um hospital construído recentemente em Wuhan iniciou a operação neste sábado (8). Segundo relatos, o Hospital Leishenshan, o segundo a ser construído desde o surto do vírus, irá receber 1.500 pacientes.

Entretanto, o crescente número de pacientes em condições graves está se tornando um sério problema para o sistema médico.

Reinício das operações nas empresas

Empresas, cujas atividades continuam suspensas desde os feriados do Ano Novo Lunar, devem reiniciar suas operações em muitas regiões a partir de amanhã (10).

Contudo, poderá ser necessário mais tempo para que companhias retomem integralmente as operações, uma vez que muitas pessoas não estão conseguindo retornar de suas cidades natais, devido a restrições no sistema de transporte.

Informações da Agência Brasil

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue