Notícia

Ibametro lança aplicativo para denúncias da população

Ibametro lança aplicativo para denúncias da população

O Instituto Baiano de Metrologia e Qualidade (Ibametro), que comemora 23 anos de funcionamento em 2019, lançou o aplicativo oficial do órgão. A ferramenta possibilita que o consumidor possa atuar junto com o Ibametro, de qualquer lugar, dando opiniões, recebendo informações, fazendo denúncias e colaborando em tempo real. A novidade já está disponível gratuitamente para o sistema operacional Android e, em breve, usuários de iOS poderão fazer o download da ferramenta.

 

Segundo o diretor-geral do Ibametro, Randerson Leal, o aplicativo foi criado para aproximar a população dos serviços oferecidos pelo órgão. "Ele favorece a comunicação direta com o consumidor, que vai ter nas mãos uma forma rápida e prática de passar informações e fazer agendamentos de serviços e denúncias. Ao identificar alguma irregularidade, basta tirar uma foto dentro do próprio aplicativo e nossa ouvidoria irá receber o arquivo. Assim, nós vamos entrar em contato com o fiscal mais próximo do local para que possa observar e verificar se existe algo errado com aquele produto ou serviço", explica. 

 

O consumidor que quiser fazer uma denúncia precisa se cadastrar pelo próprio aplicativo. O dentista Henrique Santana aprovou a novidade. "Com o aplicativo, fica muito fácil e rápido entrar em contato com o Ibametro. Acho que todos saem ganhando, tanto o consumidor, que sente mais confiante em ter seu direito respeitado, quanto as empresas, que ficam com o compromisso de melhorar cada vez mais o serviço que oferecem".

 

Ibametro

 

O órgão tem como função assegurar o cumprimento da política de metrologia legal e disseminar a qualidade, com o objetivo de proteger o consumidor e estimular a competitividade empresarial. No comércio, o Ibametro realiza fiscalização e verificação metrológica de produtos e serviços colocados à disposição do cidadão. No setor empresarial, presta serviços de calibração, por intermédio de Laboratório Metrológico de Massa, credenciado pela Rede Brasileira de Calibração

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.