Notícia

Codecon faz Operação Dia dos Namorados para fiscalizar estabelecimentos

Codecon faz Operação Dia dos Namorados para fiscalizar estabelecimentos

A Diretoria de Ações de Defesa do Consumidor (Codecon) iniciou, na manhã de ontem (05), a Operação Dia dos Namorados, no Shopping da Bahia. A iniciativa tem o objetivo de verificar se os produtos e serviços ofertados estão em condições de uso e consumo, garantindo o direito do consumidor. Durante a semana, a operação visitará outros estabelecimentos comerciais, encerrando as ações no dia 11 de junho.

O foco da fiscalização são os estabelecimentos mais procurados para a data do Dia dos Namorados, comemorado no dia 12 de junho. Entre as lojas visitadas estão joalherias, perfumarias, floriculturas, restaurantes, sexy shops e motéis. Os agentes averiguam itens como preço, conservação, condicionamento, validade dos produtos, higiene, leitor ótico - para lojas que utilizam etiqueta com código de barras - e a presença do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que deve estar completo com os 119 artigos, e em local visível ao público.

Para Roberta Caires, diretora da Codecon, as ações de fiscalização se mostram cada vez mais necessárias, porque chegam onde o olhar do consumidor não pode alcançar. "Nossa ação é mais um instrumento a educar o fornecedor no sentido de fazê-lo obedecer as normas do Código de Defesa do Consumidor”, disse a gestora.

A diretora esclareceu ainda que, em caso de problemas em serviços e produtos adquiridos nesse período, a Codecon pode ser acionada via aplicativo Codecon Mobile, Disque Salvador, pelo número 156 ou mesmo na sede, que funciona na Rua Chile, nº 3.

Os estabelecimentos notificados têm dez dias, a partir da notificação, para corrigir o erro. Passado esse prazo, o órgão volta ao local para verificar a reincidência ou não da infração, correndo o risco de aplicação de multa, que pode variar entre R$ 600 a R$ 6 milhões, caso o erro não tenha sido corrigido.

O agente de fiscalização Carlos Alberto orientou que o consumidor fique atento à propagandas enganosa e diferença nos preços na hora de realizar o pagamento. “É preciso ficar atento se o produto que está sendo anunciado na promoção é o mesmo que está na loja, e se o preço indicado é o mesmo de quando vai efetuar o pagamento no caixa”.

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.