Notícia

Expresso Carnaval já transportou 20 mil pessoas

Expresso Carnaval já transportou 20 mil pessoas

Nos dois primeiros dias de festa, a Secretaria de Mobilidade de Salvador (Semob) já registrou 20 mil foliões que utilizaram o serviço do Expresso Carnaval."É uma comodidade. Eles (os ônibus) também ajudam na segurança. Você pode parar seu carro no shopping e ir até o circuito tranquilo", comentou Lorena Resende, enquanto aguardava a saída do próximo transporte, no ponto de embarque localizado no Salvador Norte Shopping, em São Cristóvão.

Os ônibus do Expresso Carnaval saem dos pontos de embarque a cada 20 minutos, sem paradas no percurso. Além do Norte Shopping, os foliões podem ter acesso ao serviço no Salvador Shopping e Shopping Paralela. "A cada ano, o Expresso Salvador vem crescendo. Ele torna o percurso ao Carnaval mais confortável e seguro, além de incentivar a população a utilizar o transporte público", afirmou o titular da Semob, Fábio Mota.

Funcionamento – São cinco linhas exclusivas alimentadas por 50 ônibus, que atenderão o público até a terça-feira (5), das 13h às 6h. Cada bilhete custa R$ 25, sendo R$ 5 pelo custo do cartão e R$ 10 por cada trecho (ida e volta). O bilhete pode ser recarregado e compartilhado com mais de um usuário. Após adquirir o cartão, o usuário tem a vantagem de estacionar o veículo, sem custo adicional, em um dos shoppings onde há pontos de vendas do Expresso Salvador.

Durante os dias de folia, as linhas que irão circular são o Salvador Shopping – Ondina, com parada no Isba, em Ondina; Salvador Shopping – Barra (via Barris), com paradas na sede da Transalvador (Barris) e na Avenida Centenário (atrás do Victória Center); Salvador Norte Shopping – Barra, com paradas na sede da Transalvador (Barris) e na Avenida Centenário (atrás do Victória Center); Salvador Norte Shopping – Garibaldi, com Avenida Anita Garibaldi, em frente ao Instituto de Geociências (Ufba); Shopping Paralela-Barra, com paradas na sede da Transalvador (Barris) e na Avenida Centenário (atrás do Victória Center).

 

 

Entrevista

Uma nova forma de consumir

Uma nova forma de consumir

O consumo colaborativo pode mudar o sistema de produção e economia globais? Para a pesquisadora Ana Cirne Paes de Barros, o mais provável é que as práticas hegemônicas continuem a existir, mas novas formas de consumo se espalhem de forma independente, proporcionando maior autonomia aos consumidores. 

Artigo

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

Pedágio da Via Bahia: 21,6% de aumento, 100% de desrespeito

No Natal de 2016 os baianos receberam um belo presente da concessionária Via Bahia, que administra rodovias federais no estado: o aumento do pedágio em 21,6% na BR-116 e 16% na BR-324. Os reajustes foram autorizados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Vídeos

Rachel Botsman

Autora do livro "O Que é Meu é Seu - Como o Consumo Colaborativo Vai Mudar o Nosso Mundo", Rachel Botsman diz que estamos conectados para compartilhar. Em 15 minutos, ela tenta te convencer que o consumo colaborativo é o caminho.



Enquete

Você é a favor da legalização dos jogos de azar?


Ver resultado

Se ligue

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Sua conta veio alta? Confira o que pode vampirizar sua energia

Chuveiro na posição "inverno" consome 30% mais. Banhos mais curtos ajudam a economizar até 40%. Geladeira em má condição consome até 70% da conta do mês. Em casa ou no escritório, tire os aparelhos eletrônicos da tomada quando estão fora de uso, principalmente televisão, aparelhos de DVD/Blue-Ray e de som.